Notícias

Legião Urbana – Índios

Hoje é aniversário de morte de Renato Manfredini Júnior (? 11-10-1996), mais conhecido como Renato Russo, vocalista da banda Legião Urbana.
Coloco aqui então, em homenagem, uma das letras do Renato Russo que considero ótima, se não, a melhor de todas. E se não entender algum trecho, comente, eu explico. Veja no final da letra algumas perguntas.

Índios

Letra: Renato Russo

Quem me dera ao menos uma vez
Ter de volta todo o ouro que entreguei a quem
Conseguiu me convencer que era prova de amizade
Se alguém levasse embora até o que eu não tinha

Quem me dera ao menos uma vez
Esquecer que acreditei que era por brincadeira
Que se cortava sempre um pano-de-chão
De linho nobre e pura seda

Quem me dera ao menos uma vez
Explicar o que ninguém consegue entender
Que o que aconteceu ainda está por vir
E o futuro não é mais como era antigamente.

Quem me dera ao menos uma vez
Provar que quem tem mais do que precisa ter
Quase sempre se convence que não tem o bastante
Fala demais por não ter nada a dizer.

Quem me dera ao menos uma vez
Que o mais simples fosse visto como o mais importante
Mas nos deram espelhos e vimos um mundo doente.

Quem me dera ao menos uma vez
Entender como um só Deus ao mesmo tempo é três
Esse mesmo Deus foi morto por vocês
Sua maldade, então deixaram Deus tão triste.

Eu quis o perigo e até sangrei sozinho
Entenda!

Assim pude trazer você de volta pra mim
Quando descobri que é sempre só você
Que me entende do iní­cio ao fim.

E é só você que tem a cura do meu vício
De insistir nessa saudade que eu sinto
De tudo que eu ainda não vi.

Quem me dera ao menos uma vez
Acreditar por um instante em tudo que existe e acreditar
Que o mundo é perfeito
Que todas as pessoas são felizes…

Quem me dera ao menos uma vez
Fazer com que o mundo saiba que seu nome
Está em tudo e mesmo assim
Ninguém lhe diz ao menos, obrigado.

Quem me dera ao menos uma vez
Como a mais bela tribo dos mais belos índios
Não ser atacado por ser inocente.

Eu quis o perigo e até sangrei sozinho
Entenda!

Assim pude trazer você de volta pra mim
Quando descobri que é sempre só você
Que me entende do início ao fim.

E é só você que tem a cura pro meu vício
De insistir nessa saudade que eu sinto
De tudo que eu ainda não vi.

Nos deram espelhos e vimos um mundo doente
Tentei chorar e não consegui.

***

Sobre o que ele fala na letra?
Principalmente nos trechos:

“Eu quis o perigo e até sangrei sozinho
Entenda!”


“Assim pude trazer você de volta pra mim
Quando descobri que é sempre só você
Que me entende do iní­cio ao fim.”

Anúncios

2 thoughts on “Legião Urbana – Índios”

  1. Alguma frases e trechos memoráveis:

    “Eu cheguei a seguinte conclusão, não adianta consertar o resto, tem que consertar a gente”. (Renato Russo)

    “E nossa história não estará pelo avesso assim
    Sem final feliz, teremos coisas bonitas pra contar.
    E até lá, vamos viver.
    Temos muito ainda por fazer.
    Não olhe pra trás.
    Apenas começamos.
    O mundo começa agora, ahh!
    Apenas começamos.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s