Informática, Notícias

Google Wave

Google Wave
Google Wave

O Google Wave é o novo serviço para comunicação da Google, ainda está em fase de desenvolvimento e o que eles liberaram pela forma de convites dá acesso a uma “visualização” do software, chamada de “preview“. Eu experimentei ele, e embora falte alguns recursos ele já possui boas funcionalidades.

Na imagem a tela do Google Wave (clique na imagem para vê-la em tamanho maior).

Funcionamento

A filosofia de funcionamento é ótima, você cria um novo “wave” como se criasse um novo “e-mail” e aí então ao invés de enviar para o destinário, você adiciona ele no wave, como se fosse uma conversa, se caso o destinário estiver on-line é possível conversar com ele como se estivesse num messenger, mas melhor que em um messenger, porque é possível ver o que a pessoa está digitando antes dela terminar, assim a frase “fulano está digitando…” não existe, é algo mais “ao vivo”.

Durante uma conversa você além de poder corrigir os seus textos, você pode corrigir os textos de quem está digitando e pode, se quiser, por pura brincadeira, acirrar uma guerra de digitação, como se existissem 2 teclados com o controle para digitar no mesmo local! O sincronismo é bem legal nesta parte, quando alguém corrige o texto o outro fica assistindo as correções sendo feitas em vermelho, no texto que está digitando. Existem várias opções para o texto, como formatação completa usando: cores, negrito, tachado, sublinhado, entre outras, além de ter opções para enviar questões, imagens, entre outros.

Desempenho

Mas vamos agora aos pontos não tão bons, a interface bonita e permite várias funções como minimizar, maximanizar janelas, no entanto tudo isso está rodando no navegador e além disso os Waves quando estão com muitas mensagens começam a apresentar lentidão e a edição fica lenta, ainda mais com mais pessoas na janela, na mesma conversa, ou seja, no mesmo wave. O programa em si é pesado, porque é muito código interpretado pelo navegador (browser) para tanta interação acontecer, uma máquina boa ajuda, já em microcomputadores sem muitos recursos, usar o Wave pode se tornar um tanto frustante. O que não se pode esquecer é usar um navegador novo como o Firefox, o Internet Explorer versão 8 no mínimo, o Opera e o Google Chrome para não ter problemas com o leiaute moderno.

Utilidade

O que eu mais gostei nele foi a maneira que ele pode ser usado na educação, a conversa pelo Wave se torna muito mais rápida do que pelo MSN, Live MessengerGTalk, ICQ ou outro messenger da mesma linha e por isso torna a conversa com alunos mais interativa e produtiva, por enquanto o Wave é melhor para comunicação a distância entre professor e aluno, pois usar o Wave como substituto do e-mail ainda não é viável.

Futuro

Se você deseja ter o Google Wave, não apresse-se, não verá tanta vantagem em tê-lo ainda, ainda é muita propaganda boca-a-boca ocasionado o status “Eu tenho, você não”. O Google Wave ainda tem alguns bugs percebíveis, ainda estão implementando coisas novas e melhorando as existentes, o uso dele ainda é para testes.
Quem sabe no futuro não ficaremos só na frase ” Eu já tenho Google Wave e você não” e poderemos trocar waves ao invés de e-mails, mas será que o Google permitirá que surja um Yahoo Wave para existir conversas em Wave entre diferentes serviços?

Até mais…

Anúncios

1 thought on “Google Wave”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s